Segurança reforçada em torno das claques

Adeptos vigiados no Funchal

• Foto: Hélder Santos

Nove meses depois de jogo de má memória, que esteve na origem do ataque à Academia, o reencontro do Sporting com o Estádio do Marítimo decorreu dentro de um ambiente de absoluta normalidade, mesmo tendo em conta as mais recentes declarações de Frederico Varandas sobre as claques. Juve Leo, Directivo, Torcida e Brigada fizeram-se representar no recinto (Mustafá esteve na Madeira) e apoiaram do primeiro ao último minuto, sem qualquer sinal de conflito. Ainda assim, depressa se percebeu que os cuidados com esta deslocação do Sporting ao Funchal foram reforçados. Elementos dos spotters e agentes da PSP vigiaram sempre de perto o sector das claques e acompanharam, depois, a viagem para o Aeroporto Cristiano Ronaldo. A equipa não se aproximou da zona das claques para agradecer no final e nenhum adepto foi à zona onde o autocarro estava estacionado nos Barreiros.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.