Silas: «No dia em que me quiserem mandar embora eu vou»

Técnico do Sporting assegura que não está "agarrado a nada"

• Foto: Rui Minderico

Silas garante que não está agarrado ao cargo de treinador do Sporting e que o seu lugar está à disposição da direção desde o primeiro dia em que assumiu a liderança da equipa principal dos leões. O técnico desvalorizou, assim, as notícias que esta semana surgiram, dando conta que deixaria o clube no final da época.

"O meu lugar está à disposição desde que entrei aqui, não estou aqui agarrado a nada. Cada vez que entro num treino entro seguro no que vou trabalhar e no jogo ainda mais. O meu lugar está sempre à disposição, seja qual for o resultado do jogo de amanhã. Estou aqui para cumprir a minha missão o melhor que sei e posso e se um dia tiver de sair saio. Seja qual for o resultado, posso sair se o Sporting entender que tenho de sair. Comigo é muito fácil chegar a acordo. Só estou onde as pessoas me querem e onde eu quero também, naturalmente", referiu.

Questionado sobre se recebeu algum voto de confiança por parte da direção, Silas diz que não tem de receber. "Como deve a imaginar, não ando a pedir garantias à direção todas as semanas, tenho um contrato mas no dia em que me quiserem mandar embora eu vou. As garantias a mim não me dizem nada. A única garantia que tenho é o nosso trabalho. Querem que a direção me diga todas a semanas 'contamos contigo, confiamos em ti?' Eu também não digo isso aos meus jogadores, isso não faz sentido nenhum", analisou. 

E prosseguiu: "No futebol isto é resultados, se a bola entra ou vai ao poste. Esta é a profissão mais volátil do Mundo. Também sei que os dois desafios que tive enquanto treinador são enormes e que depois disto vou ter capacidade para treinar em qualquer lado. Eu sou inabalável, cada vez que entro no campo entro com confiança para melhorar, eu e os meus jogadores. No futebol há 3 resultados possíveis e estamos sempre expostos, seja com o Silas, com o Mourinho, o Guaridola, o Sérgio Conceição ou o Rúben Amorim. O Rúben está a ganhar e se tiver quatro ou cinco derrotas... Até se falou do Bruno Lage... Não há nada de novo aí."

9
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0