Sócio do Sporting com arma foi barrado na Assembleia Geral

Associado justificou situação por ser guarda prisional de profissão

• Foto: Pedro Simões

Ainda antes do início da assembleia geral, em concreto por volta das 19h30, um associado tentou aceder ao Pavilhão João Rocha com uma arma branca, objeto que foi identificado durante a revista. Confrontado com o facto, o referido sócio justificou ser guarda prisional de profissão, mas de qualquer forma não lhe foi permitida a entrada.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.