Sousa Cintra assumiu o risco pelo despedimento de Mihajlovic

Embora garantisse ter a certeza de que não haveriam danos indemnizatórios

• Foto: Luís Manuel Neves

Na conferência de imprensa onde anunciou o despedimento do treinador Sinisa Mihajlovic, que assinara há pouco mais de uma semana o contrato de três temporadas proposto por Bruno de Carvalho, Sousa Cintra assumiu pessoalmente o risco provocado pela rescisão do vínculo do sérvio, embora garantisse ter a certeza de que não haveriam danos indemnizatórios.

"O Sporting tinha feito um contrato com Mihajlovic para três épocas. Acontece que iniciou dia 18 [de junho de 2018]. Esteve na Academia, falou com os médicos, scouting... a trabalhar. Mas a primeira coisa que ele fez foi alterar o estágio da equipa de futebol. Como é possível alterar? O Sporting tem compromissos. A alteração faz com que percamos 300 mil euros", começou por afirmar o, à data, presidente temporário do Conselho de Administração da SAD. Depois, Cintra explicou o despedimento: "Estas coisas são desagradáveis, não queria entrar em grandes confusões, mas perante estas atitudes e como está no tempo de experiência, o Sporting e eu em particular, assumindo essa responsabilidade, decidimos terminar o contrato", sublinhou Sousa Cintra.

O líder transitório, que ficou no cargo até ser eleito um novo presidente para o emblema de Alvalade a 8 de setembro – os sócios escolheram Frederico Varandas –, prometeu, depois, que iria apresentar o futuro treinador nos dias seguintes. O escolhido viria a ser José Peseiro, que acabou por ser, também ele, despedido, na noite de 31 de outubro, na sequência de uma humilhante derrota caseira com o Estoril (2ª Liga), por 1-2, em partida relativa à Taça da Liga.

Por Bernardo Ribeiro e Luís Mota
14
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.