Sporting avisa Rafael Leão: «Parte do ordenado será penhorado em breve»

Miguel Braga confirmou cobrança do crédito pela via judicial por dois bens do ex-avançado dos leões

A ação de execução do Sporting contra Rafael Leão já arrancou, conforme Record noticiou a 17 de dezembro, sob a forma de duas penhoras em Portugal, no valor de 36,7 mil euros. E o processo irá, em breve, mais além, dado que o responsável de comunicação dos leões, Miguel Braga, revelou esta segunda-feira que também o ordenado do avançado será alvo da justiça.

"O Sporting, perante aquilo que é um direito seu, está a agir com a justiça para garantir que será ressarcido. Sabemos que [Rafael Leão] já foi citado na sua morada francesa e italiana e que não se opôs à execução e às penhoras. Não dentro de muito tempo parte do ordenado do Rafael Leão também vai ser penhorado, para continuar a fazer estes pagamentos", sublinhou Miguel Braga, no programa 'Raio-X', da Sporting TV, garantindo que o clube irá até às últimas consequências para fazer valer a decisão do TAD, que obrigou Leão a indeminizar o Sporting em 16,5 milhões de euros, após ter rescindido contrato de forma unilateral, em 2018: "Sim, terá de ir. É o caminho normal para um processo destes".

Refira-se que, com os juros a contar da data de notificação das partes, a ação de execução já ascende a perto de 18 milhões de euros (17.990.812,94 €). Embora a defesa do agora jogador do Milan tenha interposto um pedido de anulação, este não tem efeito suspensivo.

O cerco do Sporting chegou igualmente à FPF, pois o clube de Alvalade pretende penhorar eventuais prémios futuros a que Leão tenha direito em virtude da chamada às Seleções Nacionais. A notificação à FPF vai ser renovada em conformidade.

Por Ricardo Granada
127
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.