Sporting oficializa empréstimo de 65 milhões: os pormenores do negócio

Confirmada a titularização de créditos dos direitos de TV

• Foto: Luís Manuel Neves

O Sporting oficializou, esta quarta-feira, o empréstimo de 65 milhões de euros. Embora o nome da entidade financiadora não seja revelado, o fundo norte-americano Apollo será o responsável pela injeção de capital na SAD.

A operação, como se esperava, implica a titularização de créditos dos direitos de transmissão televisiva, "destinando-se as receitas líquidas da mesma a substituir passivos, financeiros e não-financeiros", de acordo com o comunicado enviado esta tarde pelos leões à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Como revela o Sporting, procedeu-se à "cessão dos créditos decorrentes do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva e multimédia, de exploração da publicidade estática e virtual do Estádio José Alvalade, de distribuição do canal Sporting TV e direitos de patrocinador principal". 

Esses créditos servirão, assim, "para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários, que permitirão à Sporting SAD recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos, simultaneamente com o reembolso das obrigações titularizadas."

Inquéritos

Acordo com a Apollo é vantajoso para o Sporting?

Como Record deu conta no início do mês, a SAD vai pagar um juro a rondar os 8%, o valor habitual neste tipo de operação. 

Necessários 41 M€ até junho

Em fevereiro, a SAD do Sporting já havia dado conta de que precisava de 41 milhões de euros até junho. Na radiografia à situação financeira da Sociedade, foi dito nessa altura que o "fundo de maneio e os saldos de caixa e equivalentes não são suficientes para cobrir as necessidades nos próximos 12 meses, necessidades estas que se estimam em cerca de 65 milhões de euros, dos quais 41 milhões de euros até 30 de junho de 2019", lê-se no documento.

Nesse mesmo dia, os leões confirmaram que iriam antecipar as receitas do contrato com a NOS.

Leia o comunicado na íntegra:

A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD ("Sporting SAD" ou "Sociedade"), vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º-A n.º 1 do Código dos Valores Mobiliários, informar o mercado, nos seguintes termos:

1. A Sociedade procedeu, na presente data, à cessão dos créditos decorrentes do contrato de cessão de direitos de transmissão televisiva e multimédia, de exploração da publicidade estática e virtual do Estádio José Alvalade, de distribuição do canal Sporting TV e direitos de patrocinador principal, celebrado a 28 de Dezembro de 2015, entre a Sporting SAD, a Sporting Comunicação e Plataformas, S.A. e a NOS Lusomundo Audiovisuais, S.A.

2. Os créditos cedidos servirão para colateralizar a emissão de obrigações titularizadas até ao reembolso integral das mesmas, tendo ficado assegurados mecanismos contratuais necessários, que permitirão à Sporting SAD recuperar a titularidade ou benefício económico dos créditos, simultaneamente com o reembolso das obrigações titularizadas, o que poderá acontecer antecipadamente e a qualquer momento na sequência de solicitação da Sociedade.

3. Esta operação permitiu o encaixe financeiro no montante de € 65.000.000, destinando-se as receitas líquidas da mesma a substituir passivos, financeiros e não-financeiros.

Lisboa, 20 de Março de 2019.

O Representante das Relações com o Mercado"

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.