Sporting pede ação contra a violência

Clube reage em comunicado a agressões a adepto e membro da Juve Leo

O Sporting repudia a agressão de que foi alvo um membro da Juventude Leonina, esta tarde, na zona do Estoril, alegadamente por parte de 20 elementos pertencentes à claque No Name Boys, afeta ao Benfica. Em comunicado, o clube de Alvalade apela às instâncias competentes para que tomem medidas no sentido de proteger o desporto de "episódios de violência que são frequentes no futebol nacional e o mancham, por vezes de sangue e morte."

"Desta vez, outro adepto do Sporting CP foi hospitalizado na sequência de episódios de violência gratuita – segundo foi noticiado, o adepto terá sido espancado e esfaqueado por 20 elementos de um clube rival, que fugiram do local com a chegada da polícia. O episódio aconteceu na zona do Estoril. Com o aproximar do reatar da competição é urgente agir sobre este tipo de comportamento que ameaça o bem-estar do adepto comum do Desporto em Portugal. A violência não pode fazer parte do Desporto e da Sociedade portuguesa do século XXI. O Sporting Clube de Portugal solicita, por isso, às autoridades competentes ação e consequência sobre estes atos. E apela a que todos os clubes, agentes desportivos e adeptos venham a terreiro, sem receios, travar, de frente, esta luta contra a violência no Desporto", concluem os leões, em jeito de desafio.

Por Vítor Almeida Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0