Técnicos das modalidades do Sporting destacam importância de conquistar troféu Stromp

Treinadores de futsal, hóquei em patins, andebol e basquetebol mostram-se ambiciosos

• Foto: Pedro Simões

Os treinadores do Sporting de futsal, hóqueis em patins, andebol e basquetebol mostraram-se esta segunda-feira ambiciosos em vencer o troféu Stromp, que consideram importante para apresentar e avaliar o trabalho desenvolvido até ao momento.

Na conferência de imprensa do lançamento, realizada no Pavilhão João Rocha, apenas o novo técnico de voleibol, o brasileiro Gersinho, não esteve presente por se encontrar no Brasil, uma vez que a temporada da modalidade é a última a ter início.

Nuno Dias, técnico de futsal que levou os leões à conquista da Liga dos Campeões em 2018/2019, falou na mentalidade vencedora incutida aos seus atletas e na obrigação juntar as boas exibições.

"É um momento de avaliação numa fase precoce da época, queremos ser bem pontuados. Perceber se o que temos feito está a ser bem feito. Queremos ganhar tudo, as competições todas, os jogos todos. Não nos chega ganhar, queremos ter boas exibições, ganhar com números interessantes. É o nosso ADN", explicou.

Por sua vez, o técnico de hóquei em patins leonino, Paulo Freitas, que guiou o clube à vitória na Liga Europeia na época que terminou, frisou que a sua equipa vai entrar em todas as competições para vencer.

"Começar a caminhada de uma nova época em que os nossos objetivos passam por entrar em todos os momentos de decisão. É assim que vamos encarar e discutir este troféu [Stromp]. Queremos começar a ganhar e solidificar tudo aquilo que queremos para a época", declarou.

Já o recém-chegado técnico de andebol, o francês Thierry Anti, mostrou-se "muito ansioso" para sentir o ambiente do Pavilhão João Rocha e "vencer um troféu importante da história do Sporting".

O também novo treinador de basquetebol, mas já muito titulado na modalidade com seis campeonatos nacionais, quatro taças, seis supertaças, uma taça da liga, quatro taças dos campeões africanos por clubes e uma taça das nações africanas, salientou "o plantel muito interessante" do Sporting, 24 anos depois do último.

"Dentro dos condicionalismos fizemos um plantel muito interessante. Esperamos ter unhas e espero mover o Sporting para o topo da modalidade. Depois de 24 anos, há muitos sportinguistas ansiosos. Vamos ver se conseguimos construir uma equipa, mais uma modalidade ganhadora. Queremos ocupar um lugar de destaque", argumentou Luís Magalhães.

A discussão do troféu Stromp será no Pavilhão João Rocha, com início a 18 de agosto, pelas 18:30, quando a equipa de futsal defrontar os espanhóis do Jean, seguindo-se a formação de andebol, em 28, a partir da 20:30, frente ao Vitória de Setúbal.

Em 14 de setembro, pelas 16:00, o plantel de hóquei em patins debate-se com a Sanjoanense, a nova equipa de basquetebol apresenta-se perante a Ovarense, em 27, pelas 20:00, e, por último, o voleibol 'leonino' com o Sporting Clube das Cadas, em 13 de outubro, pelas 15:00.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.