Teo com estatuto reforçado desde a saída de Montero

Procura aproveitar transferência do compatriota

• Foto: Filipe Farinha

Com as saídas de Montero e Tanaka, Gutiérrez reforçou o estatuto de titular no Sporting. Com efeito, o camisola 19 só não foi utilizado enquanto esteve lesionado ou quando Jorge Jesus entendeu poupá-lo ao desgaste a pensar em compromissos tidos pelo treinador como mais importantes. Jogando no apoio a Slimani, Gutiérrez é a grande aposta de Jesus para o apoio à maior referência atacante da equipa. Na sua ausência, coube a Bryan Ruiz desempenhar a função.

O rendimento do costa-riquenho tem agradado ao treinador, ainda que seja expectável que Jesus recoloque Ruiz na esquerda assim que considerar que Gutiérrez está em condições de regressar à titularidade. Sem Montero, Gutiérrez tem em Hernán Barcos o seu principal concorrente, ainda que a SAD considere o internacional argentino como um substituto de Slimani, o melhor marcador dos leões.

Em busca do melhor registo na Europa

Com sete golos marcados em 17 jogos realizados pelo Sporting, Teo Gutiérrez está próximo de alcançar o melhor registo goleador no futebol europeu. Com efeito, na primeira passagem pelo Velho Continente, então ao serviço do Trabzonsport da Turquia, o internacional colombiano fez 8 golos, na época 2010/11, mais um do que a marca atual com a camisola do Sporting. Contudo, na altura, Gutiérrez necessitou apenas de nove jogos para marcar por oito vezes, enquanto em Alvalade leva 17 partidas para acumular sete golos. Contudo, tendo em conta a nova etapa de leão ao peito, o camisola 19 tem margem de manobra mais do que suficiente para superar os 8 golos de 2010/11. Segunda-feira será a primeira oportunidade para o fazer, sendo que Teo está ainda longe ( a 12 golos) de igualar a melhor marca da carreira, alcançada com a camisola do River Plate : 19 golos.

Trabalho específico para regressar ao ritmo ideal

Com apenas um jogo oficial desde a partida para as férias de Natal – em Portimão, para a Taça CTT –, Teo Gutiérrez procurou nas últimas semanas a forma que lhe permitisse entrar nas opções de Jesus para o campeonato. Ficou no banco na visita a Paços de Ferreira e não foi convocado na receção da semana seguinte à Académica. Ao longo de todo este período, Teo concentrou-se em trabalhar a questão física ao máximo, realizando trabalho específico e isolado à margem das sessões com os restantes colegas de equipa.

Fosse antes ou depois dos treinos dados por Jorge Jesus, o internacional colombiano fez – e faz – horas ‘extras’ que lhe permitem agora ser utilizado pelo treinador num importante embate referente à 21ª jornada da prova mais importante da época, a Liga NOS.

Recorde-se que Teo Gutiérrez começou a temporada como titular indiscutível do Sporting, somando nesta altura seis golos em 17 jogos pelos leões. Volta a tempo de acrescentar qualidade à frente de ataque, onde há Islam Slimani, Hernán Barcos, mas também o costa-riquenho Bryan Ruiz.

7
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.