Tiago Ilori: «Pensamos em formas de ajudar os outros»

Central leonino analisa quarentena forçada

• Foto: Pedro Ferreira

Tiago Ilori está há uma semana de quarentena. Em entrevista concedida à Sporting TV, o central fala da sua rotina diária, e assinala o que mudou na sua vida nos últmos dias. "Eu estou a lidar bem com a situação pois procuro ocupar bem o tempo. Tenho alguma familia aqui em casa e isso ajuda, Estou a passar muito tempo de qualidade com a minha filha, a tentar manter a forma física para quando voltarmos", afirmou o jogador que não deixou de fazer uma análise sobre a situação criada pelo vírus: "vejo-me à noite, quando a minha filha está a dormir, a falr com a minha namorada, a minha sogra e uma amiga que também está aqui. Pensamos em formas de ajudar outras pessoas que passam por mais necessidades do que nós. Eu pregunto-me porque o faço só agora, e até me considero uma pessoa que pensa nisso, mas é nesta alturas que nos juntamos mais e nos preocupamos mais uns com os outros".

O jogador também fala sobre a sua experiência pessoal e assume que tem agora mais tempo para aprofundar os laços familiares. "Em relação ao tempo eu considero-me abençoado. Apesar dos jogos fora e dos estágios durante 10 meses em que não paramos, quando comparamos o nosso trabalho com outros vemos que temos muitas mais horas livres. Mesmo assim torna-se uma rotina em que não aproveitamos tanto o tempo com a nossa familia. Eu costumava dormir muitas vezes a sesta à tarde quando chegava a casa, mas estou a ver e a 'conhecer' a minha familia", admiet o jogador que também antevê mais dificuldades no futuro: " Eu sou uma pessoa otimista mas sei a gravidade do vírus e da situação em que vivemos hoje. É importante aproveitar as coisas positivas, mas também tenho a noção que estou numa posição privilegiada. Eu sei as dificuldades que muitos portugueses e muitas outras pessoas à volta do Mundo vão sentir. Também é por isso que acabo por pensar mais em formas de poder ajudar, pois veem aí muitas consequências de segundo e terceiro grau por sermos obrigados a ficar em casa. A médio/longo prazo vai ser mau economicamente para muita gente em termos de trabalho".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.