Tribunal dá razão a Bruno de Carvalho

Dias da Cunha intentou ação contra o líder, que seria absolvido, devido à auditoria de gestão

• Foto: Mariline Alves

Bruno de Carvalho foi absolvido pelo Tribunal na sequência de uma ação que Dias da Cunha intentou contra o presidente do Sporting, datada do ano passado. De acordo com informações recolhidas, Dias da Cunha, ex-líder dos leões entre 2000 e 2005, havia movido o processo na sequência dos resultados da auditoria à gestão imobiliária dos anteriores mandatos, considerando que os documentos divulgados eram falsos, incompletos e ofendiam o seu bom nome.

Na referida ação judicial intentada, Dias da Cunha reclamava uma indemnização de 150 mil euros por danos não patrimoniais, para além de exigir um pedido de desculpas público de BdC, a publicar num jornal desportivo à sua escolha.

Perante os factos, o Tribunal julgou como improcedente o pedido de Dias da Cunha, entendendo que Bruno de Carvalho não condicionou a conclusão da auditoria e, pelo contrário, limitou-se a cumprir o seu dever enquanto presidente.

Por Alexandre Moita
16
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.