Tribunal da Relação confirma crime de terrorismo na academia do Sporting

Mantêm-se as medidas de coacção de prisão preventiva aplicadas aos 23 suspeitos

O Tribunal da Relação de Lisboa mantém as medidas de coacção de prisão preventiva aplicadas aos 23 suspeitos pelas agressões a jogadores e treinadores do Sporting na Academia de Alcochete indiciados pelos crimes de introdução em lugar vedado ao público, ameaça agravada, ofensa à integridade física qualificada, sequestro, dano com violência, detenção de arma proibida agravado, incêndio florestal, resistência e coação sobre funcionário e também de um crime de terrorismo. 

"O Tribunal da Relação de Lisboa pronunciou-se já, em 8 acórdãos, pela manutenção das medidas de coacção de prisão preventiva aplicadas aos arguidos, considerando-as necessárias, proporcionais e adequadas, atentas as necessidades e exigências cautelares e as penas abstractas previstas para os crimes indiciados", lê-se na nota da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.


Autor: Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.