Unilabs contactou DGS por causa dos "falsos positivos" do Sporting

Nuno Mendes e Sporar ainda esperam os testes desta quinta-feira mas nesta altura estão disponíveis para a final da Allianz Cup

A Unilabs enviou esta manhã um email à Direção-Geral de Saúde a confirmar que é "solidária" com a decisão que a DGS venha a tomar sobre o caso dos testes falsos positivos a Nuno Mendes e Sporar, no dia 13.

Record sabe que a comunicação do laboratório para a DGS foi feita hoje, com conhecimento também para a Autoridade Regional de saúde de Alcochete. Em momento algum a Unilabs assume que se trataram de falsos positivos, mas o laboratório considera legítima a deliberação que a DGS entender tomar, isto depois de o Sporting ter efetuado testes em laboratórios concorrentes que registaram consecutivamente resultados negativos. 

Tanto Nuno Mendes como Sporar ainda aguardam os resultados de uma nova bateria geral de testes realizada pelo plantel do Sporting esta manhã na Academia para terem a certeza se podem ir a jogo mas, salvo resultado positivo nesta nova despistagem, ambos poderão estar ao dispor de Rúben Amorim na final da Allianz Cup, frente ao Sp. Braga, marcada para este sábado em Leiria.

«Perderam-se três dias inutilmente»: a história em torno dos "falsos positivos" de Nuno Mendes e Sporar
Em consequência do e-mail enviado esta manhã pela Unilabs, apurou Record, a DGS vai retirar o nome dos dois jogadores do Sporting da plataforma de registo nacional de cidadãos infetados pela Covid-19.

Os leões denunciaram o caso na segunda-feira. Aguardavam desde essa altura por uma comunicação da Unilabs para a DGS. A própria autoridade nacional de saúde esperava desde quarta-feira por informação do laboratório.

Pelo meio, o Sporting decidiu avançar com uma queixa na Ordem dos Médicos contra o diretor médico da Unilabs, António Maia Gonçalves. O laboratório resistiu em assumir o erro, mas já tinha reconhecido junto do Sporting que os testes a Nuno Mendes e Sporar eram falsos positivos. Faltava fazer uma comunicação à DGS sobre este processo, o que aconteceu apenas na manhã desta quinta-feira.

Nuno Mendes e Sporar falharam o jogo com o Rio Ave devido aos testes falsos positivos. Acabaram igualmente por ficar fora da meia-final da Taça da Liga com o FC Porto, a despeito de não estarem positivos à Covid-19, pois a DGS não autorizou que ambos fossem utilizados, sem ter na sua posse uma comunicação oficial e direta da Unilabs. Algo que o Sporting tinha desde segunda-feira, véspera do jogo.

[Notícia atualizada às 21h15]

Por Sérgio Krithinas e Vítor Almeida Gonçalves
50
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.