Vasco Lourenço explica saída do Conselho Leonino: «Considerei que estava a mais»

O coronel não está de acordo com a tomada de posição de Bruno de Carvalho, apesar de considerá-la legítima

• Foto: David Martins

Vasco Lourenço demitiu-se do Conselho Leonino e explicou a Record as razões da sua decisão que, entretanto, já foram comunicadas, por carta, aos restantes conselheiros e ao presidente, Bruno de Carvalho.

"Os clubes têm uma forma pouco democrática de se organizarem, mas o Sporting sempre foi diferente. O Conselho Leonino acabava por ser um órgão que que funcionava como uma pequena Assembleia Geral. Na minha opinião o Conselho Leonino estava a ser desconsiderado e portanto considerei que estava a mais", afirma o capitão de abril, que admite ter passado por um período de reflexão: "Deram-me dois dias para estudar o assunto que depois seria votado na Assembleia Geral, e eu sei bem como as Assembleias Gerais podem ser facilmente manipuláveis. Por esse motivo esperei pelo resultado da mesma e depois pela tomada de decisão do presidente. Assim que a mesma foi anunciada decidi avançar a minha decisão".

Garantido que vai continuar "a ser sócio do Sporting", Vasco Lourenço ainda se revela crítico da forma como Bruno de Carvalho anunciou a demissão caso as suas propostas não fossem votadas favoravelmente na Assembleia Geral de dia 17 de fevereiro. "Acho que é errado, mas tem legitimidade para fazê-lo. Não gosto de ver o que se está a passar e também não gostei que me exigissem tomadas de decisão em pouco tempo", explica.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Leão é líder

Sporting sofreu e bem para bater em casa o HC Braga, mantendo-se invicto no campeonato

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.