Vice-presidente garante: «Não há obrigação de vender jogadores»

Carlos Vieira explica que orçamento para a próxima época está definido

• Foto: Vítor Chi

Carlos Vieira, vice-presidente e administrador da SAD do Sporting, reafirma aquilo que Bruno de Carvalho tem dito: o clube de Alvalade não está obrigado a vender jogadores para manter o equilíbrio das contas.

"Não há qualquer obrigação de alienar direitos desportivos de jogadores", garantiu, em entrevista ao 'Jornal de Notícias'. "A reestruturação financeira foi clara. Numa primeira fase, resolver o défice de tesouraria e a reestruturação de créditos, colocando uma grande parte dos mesmos a médio e longo prazos. Numa segunda fase, em que nos encontramos, a valorização da atividade do Grupo Sporting, do património e do negócio", explicou.

Revelando que "se nenhuma alienação for feita" o próximo relatório e contas irá apresentar um resultado líquido semelhante ao anterior, Carlos Vieira considera que a "dinâmica criada" por Jorge Jesus "permitiu concretizar em dezembro um dos maiores contratos de direitos televisivos e sponsoring alguma vez vistos".

Por Sérgio Krithinas
38
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.