Votos duplicados atrasaram divulgação dos resultados

Noite longa em Alvalade

Na sessão de esclarecimento sobre as eleições, realizada na passada quinta-feira, em Alvalade, Jaime Marta Soares assumiu a vontade de anunciar o vencedor das eleições até às 22 horas de sábado. A intenção baseou-se no agilizar do cruzamento dos votos por correspondência com os votos presenciais. Mesmo com o tratamento dos primeiros logo a partir das 10 horas, o sistema não se mostrou infalível e o vencedor só foi conhecido depois das 02H15.

Pelas 22h30, começou a ser montada uma estrutura na Praça Centenário com o objetivo de consagrar os vencedores da noite, com direito a discurso para os associados. As horas foram passando e Madeira Rodrigues só assumiu a derrota às 2h30.

A fazer lembrar 2013

Na primeira eleição de Bruno de Carvalho, os votos duplicados também adiaram o anúncio do vencedor, apenas conhecido madrugada dentro. Na altura, Bruno concorreu com José Couceiro e com Carlos Severino, naquela que foi a sua segunda corrida, depois da derrota para Godinho Lopes dois anos antes.

Em Alvalade, a festa fez-se igualmente com a enorme participação dos adeptos, primeiro dentro das instalações do Sporting, depois nas zonas circundantes ao José Alvalade. Era o primeiro passo de Bruno de Carvalho numa aventura que pode ser prolongada agora.

Descalabro em 2011

Vamos mais atrás, à tal eleição de Godinho Lopes, quando iguais problemas com a contagem de votos levaram as decisões para... as 6 horas da manhã. Nos bastidores, Bruno foi o primeiro presidente; oficialmente, Godinho foi anunciado como o vencedor.

Notícia atualizada às 2h40.

Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.