Wendel custou 8,7 milhões de euros

Relatório e contas respeitante ao 3.º trimestre de 2017/18

• Foto: Pedro Ferreira

A SAD investiu 8,7 M€ na contratação de Wendel ao Fluminense. Segundo o Relatório e Contas respeitante ao 3º trimestre de 2017/18, ontem apresentado à CMVM, o passe da jovem promessa brasileira custou 7,5 M€, sendo os restantes 1,2 M€ referentes a comissões.

Misic custou 3,3 M€ (638 mil em comissões), tendo a SAD pago 2,6 M€ (100 mil em comissões) ao Portimonense por Lumor. Montero chegou a custo zero do Tianjin Teda, tendo a SAD despendido, no entanto, 1 M€ na aquisição do colombiano, provavelmente como prémio de assinatura.

Em termos gerais, o resultado líquido da SAD do clube de Alvalade recuou 97 por cento nos primeiros nove meses da época, situando-se nos 1,1 M€. Há um ano o lucro tinha sido de 35,1 M€.

Isolando o 3º trimestre, a SAD presidida por Bruno de Carvalho reduziu os prejuízos de 11,4 M€ para 8,97 M€. Excluindo as transações de jogadores, o item respeitante aos rendimentos operacionais aumentou 16 por cento, situando-se agora nos 73,4 M€. O dossiê referente às receitas com as transações de jogadores deslizou 75 por cento, situando-se nos 13 M€.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.