Wendel e as dúvidas quando chegou à Europa: «Estava bem no Fluminense, o que vim fazer aqui?»

Jogador do Sporting sentiu dificuldades nos primeiros tempos em Alvalade

• Foto: Pedro Ferreira

Wendel revelou o papel da sua mãe como 'instrutora', nomeadamente depois de maus resultados ou exibições suas. Numa entrevista ao site 'Goal', o médio do Sporting admitiu que por vezes fica "incomodado" com as críticas da mãe mas que percebe que é para o seu bem.

"[Quando perdemos ou jogo mal] vem logo a minha mãe dizer-me 'tu não és assim'. Diz logo que preciso de fazer um próximo jogo melhor e fica a semana inteira a falar-me ao ouvido [risos]. Se esta 'cobrança incomoda? Ah, incomoda. A gente vem de um jogo mau e não é bom chegar a casa e ouvir críticas. Fico mal com isso, ainda mais porque já chego a casa de cabeça quente. Mas depois paro para pensar e vejo que tudo isso é bom para mim. Procuro sempre analisar o que a minha mãe diz. No fundo, isso é bom", contou o internacional jovem pelo Brasil.

A cumprir a terceira época em Alvalade, Wendel admitiu que tinha algumas dúvidas quando deixou o Brasil rumo à Europa, para representar o Sporting, já que raramente era utilizado: "Pensei 'estava bem no Fluminense, o que vim fazer aqui? Não jogo aqui, jogava lá'. Isso é difícil, mas é passageiro. Tens que ser muito forte para encarar tudo isso de frente. Felizmente, tive a minha família do lado. Caso contrário, não sabia nem sequer o que estaria fazendo aqui ainda."

6
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.