Castigo máximo com proveito mínimo

Quatro falhanços em nove tentativas

Nathan Júnior já falhou um penálti, mas é o único que teve sucesso dos 11 metros
• Foto: Paulo Calado 

A época de estreia do Tondela na 1ª Liga tem sido para esquecer. Com a lanterna vermelha há várias jornadas, o emblema agora orientado por Petit não tem sequer conseguido tirar proveito daquilo que de bom o jogo lhe tem dado e não aproveitou da melhor forma as muitas grandes penalidades que já teve à sua disposição.

Ao todo, o Tondela já beneficiou de nove penáltis a favor, um registo elevado e que esta época apenas é batido pelos 10 de que já dispôs o P. Ferreira. Um número que até causa alguma estranheza, sobretudo se o compararmos com o FC Porto, próximo adversário do clube beirão, que teve apenas dois penáltis a seu favor. Ora, estes números comprovam que o Tondela até é uma equipa com caudal ofensivo e que surge com perigo diversas vezes na área contrária. O problema é que dos nove lances de grande penalidade, os jogadores tondelenses apenas conseguiram fazer golos em cinco ocasiões. Claramente pouco, ainda para mais quando se trata de uma equipa que vem lutando de forma desesperada para somar pontos que a ajudem a largar o último lugar.

Pela marca dos 11 metros já passaram quatro jogadores diferentes [ver quadro]. Todos falharam, mas apenas um marcou. Nathan Júnior fez o gosto ao pé de penálti por cinco vezes, só que falhou numa ocasião contra o Arouca. Piojo, Raphael Guzzo e Salva Chamorro não conseguiram ser felizes dos 11 metros, sendo que o último falhou na receção ao... FC Porto, num jogo que acabou com vitória dos dragões pela margem mínima.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Tondela

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.