Natxo González: «O nosso principal inimigo é a cabeça»

Treinador do Tondela quer uma melhor gestão emocional do jogo na reta final do campeonato

O Tondela vinha a somar boas prestações na retoma da Liga, com um empate em casa do Benfica e uma vitória sobre o Aves, em ambos os casos sem golos sofridos, mas depois seguiram-se derrotas em Alvalade e em casa frente ao P. Ferreira. E foi neste mais recente desafio que Natxo González viu uma má gestão emocional por parte da sua equipa, algo que quer ver corrigido a partir de agora.

"O nosso principal inimigo é a cabeça. Contra o Paços foi determinante, nestes momentos que os pontos são muito importantes, a mensagem que lanço aos jogadores é de otimismo e esperança. Sabemos o que temos feito até aqui, chegaremos ao objetivo", referiu o treinador espanhol, em conferência de imprensa.

"O aspeto emocional é decisivo agora. Tudo é importante, mas agora chega a hora da verdade e sabes que o importante que é gerir bem as emoções, para tomar boas decisões. É o que acontece na nossa própria vida. É muito, muito decisivo o lado emocional. O clube que melhor gerir as emoções nos últimos jogos sairá vencedor, independentemente de jogar com dois alas, três pontas-de-lança ou cinco centrais", acrescentou, no lançamento do jogo com o Belenenses SAD, amanhã à tarde, na Cidade do Futebol. 

"O nosso objetivo principal é sermos defensivamente fortes, pensar que nos últimos dois jogos sofremos cinco golos e é impossível sobreviver a isso. Por um lado, ser forte defensivamente, e se conseguirmos marcar primeiro será importante, mas teremos de gerir bem o jogo emocionalmente", apontou.

O Tondela é a primeira equipa acima da linha de água, com 29 pontos, e o Belenenses SAD tem apenas mais um ponto. Um duelo de alta importância para os beirões, até porque nas derradeiras cinco jornadas terão de enfrentar três equipas do top 5 (FC Porto, Sp. Braga e Famalicão). 

"É um jogo muito importante, na classificação há um ponto entre nós. Nós teremos de somar um número de pontos daqui até ao fim e esse é o objetivo. Quanto antes o conseguirmos, melhor. A cada jornada temos visto resultados raros, imprevisíveis, temos de focar-nos no jogo de amanhã e tentar ganhar e esperar", comentou Natxo González.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tondela

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0