Pepa fala em "falta de agressividade gritante" na primeira parte

Treinador desiludido com derrota no Algarve

• Foto: Ricardo Nascimento

Pepa, treinador do Tondela, mostrou-se desiludido com a derrota deste domingo no reduto do Portimonense.

"Foi um jogo muito difícil, apesar de termos entrado a ganhar. Entrámos a tocar o céu e descemos ao inferno muito rápido, devido aos erros que não são normais, mas que os cometemos. Os erros fazem parte do futebol. Na primeira parte não estivemos proativos, concedemos muitos espaços ao Portimonense que acabou por jogar muito confortável e aproveitou para construir um resultado folgado até ao intervalo. Na segunda parte, a minha equipa não perdeu a cabeça, mesmo a perder por 3-1. Expusemo-nos um pouco mais e corremos os riscos à procura do empate, mas não conseguimos, embora tivéssemos tido oportunidades para isso", resumiu.

"Entrar a ganhar num jogo fora é muito bom, mas a verdade é que nos desligámos do jogo na primeira parte, período em que foi gritante a falta de agressividade. Por exemplo, no lance do penálti estávamos em superioridade e deixámos jogar. Não podemos dar este tipo de espaços a jogadores como Jackson Martinez e Nakajima", acrescentou o técnico dos beirões.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Tondela

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.