Luís Castro: «Não nos podemos ficar pelo jogar bem e não ter resultados»

Treinador do V. Guimarães naturalmente descontente pela eliminação na Taça da Liga Allianz

• Foto: MOVENOTICIAS
PUB

Luís Castro considera que a ineficácia foi a chave para a derrota caseira (0-2) do V. Guimarães diante do Tondela, que ditou a eliminação dos vimaranenses na 2.ª fase da Taça da Liga Allianz.

"O que falhou foi termos 20 remates e não os termos concretizado. O Tondela fez oito e fez dois golos. Isso contrasta com a nossa ineficácia. Nós não nos podemos ficar pelo jogar bem e não ter resultados. Antes do primeiro golo do Tondela já tinhamos tido duas oportunidades. Depois continuamos a jogar, mas não com a confiança de até então. Com o segundo golo ea lesão do Venâncio a equipa foi-se ainda mais abaixo porque tinhamos 10 na prática. Não estou contente com a exibição porque ela devia ter sido correspondida com golos", analisou o treinador dos minhotos.

Luís Castro explicou ainda por que motivo substituiu Alexandre Guedes por Tallo ao intervalo: "O Alexandre Guedes não esteve muito feliz nos apoios frontais e o Tallo é mais forte nesse aspeto. Na segunda parte, queríamos mais envolvência pelos corredores laterais. Eu assumo por completo os resultados. A justificação da derrota será sempre o treinador."

Deixe o seu comentário
PUB