Dalbert já em Nice aguarda oficialização

Negócio praticamente consumado

• Foto: Manuel Araújo

O desejo da SAD do Vitória em realizar um encaixe de cerca de dois milhões de euros em vendas está perto de se concretizar, agora que a transferência de Dalbert para o Nice está praticamente consumada. O lateral-esquerdo já viajou para França, onde fará os exames médicos e assinará um contrato de longa duração com o emblema gaulês.

Este negócio vai render um pouco mais do que dois milhões de euros aos cofres do Vitória, isto apesar de o Ac. Viseu ainda ter direito a receber 5 por cento do valor final da venda, percentagem que o clube salvaguardou aquando da mudança de Dalbert para Guimarães no verão passado. Além disto, os viseenses ainda devem receber algum dinheiro relativo aos direitos de formação do lateral brasileiro.

Depois da saída de Cafú ter rendido também cerca de 2 milhões de euros, o Vitória prepara-se agora para chegar aos quase quatro milhões em vendas neste defeso. Um valor que supera os tais dois milhões que Júlio Mendes desejava encaixar durante o verão. Um autêntico balão de oxigénio para a SAD, que agora poderá atacar o que resta do mercado de forma mais aliviada e, assim, dotar o plantel às ordens de Pedro Martins de opções de evidente qualidade.

Com oito reforços já garantidos (João Aurélio, Marcos Valente, Rúben Ferreira, Marcílio, Mbemba, Zungu, Rafael Miranda e Soares), os responsáveis minhotos estão ainda à procura de mais alternativas, sobretudo para o meio-campo e ataque. O médio Mikel, do FC Porto, é um dos desejos de Pedro Martins e as negociações estão numa fase já bastante adiantada, podendo ficar concluídas em breve. Encontrar mais um ponta-de-lança que seja garantia de golos é outra das prioridades da SAD.

Por José Miguel Machado
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0