Debate de ataques e de poucas ideias

Candidatos às eleições esgrimaram argumentos e explicaram (pouco) os projetos para o futuro

• Foto: DR Record

Durante mais de duas horas, Júlio Vieira de Castro e Júlio Mendes esgrimiram argumentos num aceso debate organizado pelas duas rádios de Guimarães, a Santiago e a Fundação. Os ataques foram constantes, de ambos os lados, e acabaram por sobressair à exposição de ideias para o futuro do clube. O atual presidente foi o primeiro a jogar ao ataque, acusando o rosto da Lista A de "ainda estar na puberdade" e não ter a experiência necessária para liderar um clube da dimensão do Vitória. Quanto a Júlio Vieira de Castro, voltou a falar de "um regime presidencialista" que vigora atualmente no clube, acusando o seu adversário de "falar sempre eu e raramente nós".

O primeiro tema polémico a ser debatido esteve relacionado com o contrato publicitário assinado com a MEO. Júlio Mendes não revelou os valores, mas justificou a opção. "Exigi à NOS que o Vitória tivesse o 4º maior valor. Não me garantiram isso e a outra operadora fê-lo. Se fizer um contrato com o Sp. Braga, nunca será superior ao nosso", referiu, garantindo que o contrato assinado "é bom". Em resposta, Júlio Vieira de Castro acusou o rival de estar "a gozar com os sócios" e evocou uma declaração do presidente em que ele disse que o contrato era "superior a três dígitos".

As finanças do clube também foram tema e Júlio Mendes disse mesmo que Júlio Vieira de Castro "só quer ser presidente porque hoje em dia há dinheiro". Sobre o aumento de capital, acrescentou que "há um banco interessado em ajudar o Vitória a melhorar", com "a concordância de Mário Ferreira". Já Júlio Vieira de Castro confessou que a "continuidade preocupa" e não vê "um futuro risonho para o clube".

Por fim, os projetos para o futebol. Júlio Mendes diz que os erros cometidos vão ajudar a "crescer e evoluir". "Temos uma estrutura ao nível dos melhores", referiu. Júlio Castro discorda: "Apostaremos na formação e no scouting. Temos de evitar o habitual sobe e desce na classificação."

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.