Desespero na redenção

Welthon estreou-se a marcar e chorou

• Foto: José Reis / Movephoto

O brasileiro Welthon estreou-se a marcar pelos minhotos mais de um ano depois da sua chegada à cidade Berço e não conseguiu esconder o chorrilho de emoções que o momento lhe despertou, nem no final do encontro.

Golo com um peso determinante no desfecho , mas também porque colocou um ponto final no deserto de 16 meses sem golos que Welthon teve de atravessar por força de vários problemas musculares que limitaram a sua disponibilidade desde que consumou a sua transferência do Paços de Ferreira.

O avançado, que começou o jogo no banco de suplentes, não foi capaz de esconder as lágrimas no rosto logo após o golo e, no final do encontro, chegou mesmo a ajoelhar-se em cima da linha de golo da baliza em que faturou.

"Atravessei uma fase difícil com sacrifício e há muito que não marcava, mas hoje fui abençoado", desabafou Welthon, para logo de seguida dar corpo à ambição coletiva: "O técnico pede-nos para estarmos preparados para corresponder quando a oportunidade surgir. O meu golo acabou por ser decisivo e ainda me preparei para celebrar mais uma vez, mas o Charles fez uma grande defesa. O mais importante acabou por ser o triunfo, que nos permite continuar a correr atrás do nosso objetivo com determinação."

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.