Hora de Ola John

Holandês pode repetir titularidade e retomar afirmação interrompida em outubro por lesão

• Foto: Peter Spark / Movephoto

As circunstâncias que condicionam as opções de Luís Castro para a deslocação aos Açores tornam bastante provável que o técnico repita o onze que defrontou o Boavista e venceu por 3-1. Esse cenário permite a Ola John voltar a suspirar por repetir a titularidade no campeonato, um ensejo que não lhe é proporcionado desde outubro, altura em que foi utilizado sucessivamente face a V. Setúbal e Marítimo.

Tendo em conta o desempenho cabal da equipa nos Barreiros, coroado com a utilização do holandês durante 90’, parecia que a sua afirmação no Berço estava iminente. Todavia, uma lesão muscular na coxa esquerda travou esse processo. Ola John ficou mais de um mês sem competir e, a partir daí, viu-se votado a um plano de subalternidade.

Só conseguiu ser chamado novamente às primeiras escolhas em janeiro, ficando sempre limitado a aparições sem continuidade. Contra o Santa Clara, o objetivo passa pelo reencontro com o protagonismo, depois de ter executado, no duelo com o Boavista, o cruzamento que permitiu a Mattheus Oliveira marcar o primeiro golo, de cabeça. O ataque ficará completo com Alexandre Guedes e Davidson.

Malapata para quebrar

O Vitória tem no Estádio de S. Miguel um terreno completamente aziago. Os minhotos somam em casa do Santa Clara três derrotas para o campeonato e mais outro desaire na Allianz Cup. A exceção a esta regra aconteceu apenas na 2ª Liga, quando o Vitória triunfou nos Açores.

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.