Record

Hurtado falhou jogo com o Benfica devido a uma cláusula no contrato

Peruano seguiu de imediato para a sua seleção de forma a disputar o playoff intercontinental

• Foto: Simão Freitas
Paolo Hurtado, jogador do V. Guimarães, corroborou a versão do treinador Pedro Martins e explicou que a sua ausência da receção ao Benfica (no domingo) se deveu a uma cláusula existente no seu contrato, que lhe permite dar "prioridade" à seleção do Peru.

"Estipulei no meu contrato que a prioridade era a seleção e que se houvesse jogo teria de partir. Assim foi, e por isso fiz a viagem mais cedo", disse o avançado à 'Movistar Deportes', já em Auckland, antes do playoff interncontinental que os peruanos vão realizar com a Nova Zelândia, para decidir quem vai ao Mundial'2018.

Na conferência que se seguiu ao encontro entre vimaranenses e encarnados, Pedro Martins havia dito que Hurtado já antes tinha manifestado a importância de estar presente na Rússia no próximo ano. "Quando assinou pelo Vitória tinha dois fatores. Um, importante, foi ele querer continuar aqui; o segundo seria o Mundial. Podendo acontecer estas situações queria disponibilidade total para essa oportunidade única de estar no Mundial. Somos pessoas de compromissos e assumimos esse princípio", disse o técnico dos minhotos.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Tozé a toda a linha

Influência do criativo é por demais evidente, seja a jogar no miolo ou nas alas do ataque
Notícias

Notícias Mais Vistas

M