Ivo Vieira admite que V. Guimarães tem de ser melhor na finalização

Treinador na antevisão do jogo com o Santa Clara

• Foto: José Gageiro/Movephoto

Ivo Vieira afirmou esta quinta-feira que o V. Guimarães tem de ser mais eficaz para derrotar, no sábado, o Santa Clara, em partida da 17.ª jornada da Liga NOS.

O que deve mudar para o jogo com o Santa Clara para a equipa vencer pela primeira vez em 2020?

"É mais do que evidente que a finalização é um factor em que temos de ser melhores. Foi evidente no último jogo, como tinha sido com o Benfica, o domínio e a capacidade que a equipa teve para ser superior aos seus adversários, mas não conseguiu marcar golos. Vamos continuar a trabalhar, acreditar que podemos fazer melhor todos os dias. A equipa tem um comportamento muito bom em termos de jogo ofensivo, mas isso não se tem reflectido nos resultados e nos pontos conquistados."

Quais são as maiores dificuldades que espera diante do Santa Clara?

"É uma equipa muito competitiva, bem organizada, com centrais muito competitivos, com um meio-campo com muita dinâmica e dois homens na frente. É uma equipa muito competitiva,que costuma disputar os jogos para ganhar em casa ou fora. É um dado que tem mais resultados positivos fora de casa, estamos preparados para isso, estrategicamente trabalhamos para anular esses momentos do Santa Clara. Queremos ser mais felizes perante uma equipa organizada e competitiva em termos defensivos. Vamos levar essa ideia para o jogo para somar pontos."

Inoperância ofensiva arrasta-se desde o início da época. A que se deve?

"A equipa tudo tem feito para marcar mais golos. Há uma coisa que nos podem apontar, que é não termos resultados práticos na soma de pontos na tabela. Não podem apontar que a equipa não faz tudo para ganhar. Não têm surgindo os golos e as vitórias. Há mais intranquilidade no comportamento dos jogadores no último terço do terreno porque se nota ansiedade na finalização. Temos de ter mais discernimento, melhorar as decisões no último terço, para que o golo apareça. Estes jovens tudo têm feito em termos de empenho e entrega para ganhar, temos tido infelicidade na última fase do jogo. Não podemos desconfiar do que temos feito, temos de acreditar que as coisas vão acontecer de forma natural. Tudo vai mudar quando a bola começar a entrar."

Há alguma frustração no seio do grupo pela falta de resultados?

"Na maioria dos jogos a equipa teve um comportamento muito aceitável. Estamos a jogar bem, a dominar os jogo, mas não fazer golos de certa forma é frustrante para o que é o nosso volume de jogo ofensivo. Existe essa tristeza pelas coisas não acontecerem. Mas, existe uma confiança total na ideia, na confiança dos atletas. Temos de continuar a acreditar que os golos vão aparecer, conscientes, porque já assumimos, que para aquilo que faz o Vitória precisava de ter mais pontos. Não podemos estar a chorar que temos poucos pontos, porque lutamos sempre para somar mais. A equipa tem feito por isso. Isso é uma marca naquilo que é o jogo do Vitória. Temos de continuar a acreditar na ideia para sermos mais felizes no futuro. Ainda no jogo passado tivemos alguma infelicidade, diante um guarda-redes muito inspirado, temos de ser ainda mais competentes."

Vitória menos forte no jogo aéreo do que têm mostrado outros adversários

"No passado esse momento foi um problema, que se conseguiu resolver. Há uma garantia que dou aqui, todos esses momentos são trabalhados. Podíamos trabalhar mais, podíamos, porque podemos ser melhores a cada dia. Não é dar trunfos aos adversários, mas eles têm conhecimento da altura da nossa equipa, da nossa capacidade aérea. Não temos mais do que três ou quatro jogadores no plantel com altura e agressividade suficiente no jogo aéreo. Vamos para a luta com os que temos, com os que escolho. Não temos um ponta de lança muito forte no jogo aéreo, tanto ofensivamente como na ajuda à defesa, nem um lateral ou um 8 que acrescente mais nesse capítulo Temos dois centrais que acrescentam alguma coisa a esse nível. Os outros têm mais jogadores com essas características. Os nossos jogadores têm outras boas características. Para um jogador com 1.70m. é mais difícil ganhar um lance a um com 2.10m. Ainda no último jogo tivemos 15 cantos, temos de tirar mais proveito disso.

Taça da Liga surge depois do jogo com o Santa Clara

"É um momento fundamental para o Vitória, que pela primeira vez está nesta fase da competição. Mas ainda não me lembrei da data desses jogos. Estamos apenas focados no jogo com o Santa Clara, que nos pode dar muita coisas para o futuro, os golos que nos faltam, os pontos que nos faltam. Isso sim é que é fazer crescer os jogadores. De forma natural chegarão os jogos que se seguem.

Neste mercado de Inverno faria sentido um reforço que acrescentasse mais no jogo aéreo?

"É importante dar sempre mais agressividade e altura à equipa, mas com qualidade. As questões vão ser sempre ponderadas até ao dia 31, não é um tema que se possa abordar de ânimo leve. Haverá muitas noticias sobre entradas e saídas, muitas sem qualquer coisa de verdade. É um trabalho feito em prol do que é melhor para o Vitória. Estamos a trabalhar nos dois sentidos, no que é possível reajustar e no que é melhor para o Vitória em termos de reduzir a dimensão do plantel."

Por Bruno Freitas
  • Vit. Guimarães
    -
    Santa Clara
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.38
    4.75
    8.25
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.