Ivo Vieira e o jogo com o FC Porto : «O Vitória olha os adversários olhos nos olhos»

Treinador do V. Guimarães acredita numa vitória no jogo da Taça da Liga

• Foto: José Reis

Ivo Vieira fez a antevisão do jogo com o FC Porto das meias-finais da final four da Allianz Cup, agendado para quarta-feira, às 19h45.

O treinador do V. Guimarães acredita que a sua equipa pode vencer a formação portista. "O Vitória olha os adversários olhos nos olhos, acredito nessa forma de estar. Vamos lutar sempre pelo resultado, sabendo das dificuldades que o adversário nos vai trazer", sublinhou.

A equipa sente a ilusão dos adeptos na conquista da Taça da Liga?

"Já é habitual contar com a paixão dos nossos adeptos. Obviamente que a vontade de ganhar dos mesmos tem de ter seguimento na nossa. Tal como eles, queremos vencer a competição, a meia-final é o primeiro passo para chegar à final e vamos lutar por esse resultado. Sabemos que temos um adversário muito competitivo e competente, que procura o mesmo objetivo, que já teve oportunidades no passado mas não conseguiu vencer a competição. Vamos acreditar muito no que podemos fazer, com um apoio massivo dos nossos adeptos. Queremos dar aos nossos adeptos esse desejo de vencer, vamos lutar pela vitória." 

Vitória vai manter a sua identidade frente ao FC Porto?
"É uma competição diferente, em que todos queremos vencer. Não há margem depois do jogo para recuperar, por isso só podemos pensar em ganhar para passar à final. As duas equipas vão lutar pelo mesmo objetivo. Não acreditamos em maus momentos do FC Porto, que tem um plantel valioso, competitivo, bem orientado.

O Vitória olha os adversários olhos nos olhos, acredito nessa forma de estar. Vamos lutar sempre pelo resultado, sabendo das dificuldades que o adversário nos vai trazer. Não temos conseguido resultados contra as equipas ditas grandes, temos de equilibrar esses resultados, porque oportunidades temos conquistado. A diferença faz-se nos golos. Se formos competentes, se fizemos mais golos, vamos passar a meia-final."

A reação do FC Porto à derrota com o Sp. Braga. Espera um FC Porto mais agressivo?
Espero um FC Porto forte, mas, acima de tudo, um Vitória forte e confiante, a acreditar na sua ideia de jogo. O Vitória tem noção do grau de dificuldade do jogo, mas vai pensar sobretudo no que pode fazer e lutar por um lugar na final."

O formato da Taça da Liga. Seria mais vantajoso se desse acesso à Liga Europa?
"É fundamental destacar a vontade das pessoas de dar esse espaço à Taça da Liga. Sinto que as pessoas têm vontade que isso possa acontecer. Para os clubes e para os treinadores será mais uma motivação e mais um espaço em que se pode ter acesso às competições europeias. Está a ser feito um trabalho para esse objetivo, chegamos a discutir esse tema numa reunião que tivemos. O futebol português também tem coisas boas, tem de se dizer isso. Às vezes não se fazem algumas coisas porque não são exequíveis."

No jogo com o FC Porto, da Liga, o Vitória apresentou-se sem ponta-de-lança. Pode apresentar uma nuance diferente neste jogo?
O mais importante é entrar com 11 e conseguir acabar com os 11 porque assim seremos mais competitivos. Esse jogo já tem algum tempo, não posso estar a puxar a cassete atrás, foi uma opção, aquela que pensava que seria a mais vantajosa para nós. Amanhã pode ser um dia diferente. Estamos a montar a estratégia para conseguir ser mais competitivos e competentes. Os jogadores estão todos identificados com o processo, todos têm dado respostas à altura para as pretensões da equipa."

O Vitória é dos quatro o que tem menos pressão na Final 4?
"São quatro equipas muito fortes. O Vitória tem as suas responsabilidades, a nossa pressão saudável que passa por jogar bem e conseguir ganhar o jogo de amanhã. Estamos na luta e vamos brigar pelos objetivos, como todos os outros. Conquistamos este espaço num grupo difícil, em que enfrentamos o adversário que conquistou mais Taças da Liga. Estamos na Final 4 por mérito, vamos lutar por algum mais."

O apoio pode ser tónico suplementar e fazer a diferença?
"Temos sempre os vitorianos a apoiar-nos, seja em que campo for do país. Somos o clubes que vendeu mais bilhetes, por isso, de forma natural, haverá um número muito significativo a apoiar-nos. É um élan positivo. Se tivermos esse calor dos nossos adeptos tanto melhor, temos de aproveitar essa alavancagem a nosso favor."

Por Bruno Freitas
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.