Luís Castro assume que a exigência é máxima

Treinador falou num simpósio

Ciente do desafio que terá pela frente em Guimarães, Luís Castro não se deixa atemorizar e diz-se preparado para as exigências do emblema minhoto. O técnico esteve ontem presente no IV Simpósio do Treinador, em Ponta Delgada, e abordou as metas que tem para a próxima época.

"Vamos tentar ser uma equipa competitiva e ambiciosa, que consiga dar prazer aos seus adeptos e massa associativa, correspondendo à ambição da sua administração", frisou Luís Castro, destacando ainda a importância de manter a fasquia o mais elevada possível: "Ter resultados positivos de forma imediata é algo natural no Vitória. Estamos a falar de uma equipa habituada a frequentar de forma permanente as competições europeias. Sabemos que existe exigência, mas também sou muito exigente no meu trabalho diário e estou totalmente identificado com esta forma de estar."

Luís Castro discursou perante uma plateia de cerca de uma centena de treinadores e falou sobre a forma de preparar as suas equipas "para jogarem um futebol ofensivo, com muita posse de bola, organização e capacidade de finalização". O técnico assumiu que procura "um jogo integrador" e privilegia jogadores que se sintam bem a atuar com posse, sublinhando que "não admite ter em campo um jogador que não tenha conforto com a bola". Olhando ao estilo de futebol que as suas equipas praticam, não hesitou em designar o ‘número 6’ como o elemento mais importante.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas