Record

Luís Castro quer V. Guimarães "com inteligência" para derrotar Tondela

Jogo abre a 4.ª jornada da Liga NOS

• Foto: Simão Filho
O treinador do Vitória de Guimarães, Luís Castro, realçou esta sexta-feira que os minhotos, além de mostrarem "querer", precisam de ser inteligentes para derrotarem o Tondela, em partida da quarta jornada da Liga NOS, na sexta-feira.

Após o primeiro triunfo da época, com uma reviravolta no terreno do FC Porto (3-2), a turma vimaranense vai receber, pela segunda vez no corrente mês de agosto, o Tondela, equipa com a qual perdeu 2-0, para a Taça da Liga, e que, segundo Luís Castro, tem "muita competência", principalmente a defender.

"É uma equipa muito estável no seu momento defensivo. Em termos numéricos, o Tondela defende com muita gente e bem, muito bem organizada. A principal lição é que nos devemos dedicar ao jogo com inteligência, não só com querer", disse, na conferência de antevisão ao duelo com os beirões, na sexta-feira, às 21h15.

Satisfeito com o "nível muito elevado" que os seus pupilos apresentaram frente aos 'dragões', o técnico vitoriano considerou que o resultado aí conseguido foi "tão inesperado como uma ou outra derrota" no início de época, pelo que apelou o seu grupo a estar concentrado frente a um adversário que não o deixa "minimamente tranquilo".

"[O triunfo com o FC Porto] Não nos retirou o foco do dia a dia, nem a responsabilidade de olhar para o próximo jogo como o mais importante de todos. [Queremos uma] confiança equilibrada e consciente do nosso dever de um jogar bem que nos possa levar à vitória", salientou.

O Vitória de Guimarães apresentou quatro 'onzes' diferentes noutras tantas partidas oficiais já realizadas, e Luís Castro equacionou "uma ou duas alterações em função da estratégia a adotar" para o duelo com os beirões, tendo dito que, em função da remodelação efetuada no plantel - 11 reforços -, a sua equipa não consegue ainda "manter uma produção de jogo constante ao longo dos 90 minutos".

"Vamos afinando as coisas até chegar ao ponto de equilíbrio. É aquilo que todos nós, treinadores, procuramos. Quando chega esse ponto de equilíbrio, nós, depois, jogando fora e em casa, vamos mantendo a mesma equipa. Ainda não chegámos a esse ponto, em função dos tantos jogadores novos na equipa", disse.

Com cinco golos apontados na Liga NOS, frente ao Benfica e ao FC Porto, todos eles na segunda parte, os vitorianos não somam ainda qualquer tento no Estádio D. Afonso Henriques, mas o 'timoneiro' realçou que a equipa trabalha para ser forte e concretizadora em todos os momentos.

"Uma equipa não trabalha para jogar só uma primeira parte e só uma segunda parte. Trabalhámos como temos feito até aqui. De repente, as coisas viram de uma forma natural", explicou.

Questionado ainda sobre o encerramento do mercado' de transferências de verão, Luís Castro realçou que o plantel que orienta está, pelo menos, "muito próximo do ideal" e que só pensa em valorizar os jogadores a seu cargo.

O Vitória de Guimarães, 12.º classificado, com três pontos, recebe o Tondela, 16.º, com dois, na sexta-feira, pelas 21h15, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.
Por Lusa
Deixe o seu comentário
  • Vit. Guimarães
    -
    CD Tondela
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.71
    3.75
    5.2
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Tozé a toda a linha

Influência do criativo é por demais evidente, seja a jogar no miolo ou nas alas do ataque
Notícias

Notícias Mais Vistas

M