Luís Castro e o momento: «Falar de irregularidade não é o termo mais apropriado»

Técnico relembra que a formação vitoriana perdeu apenas um dos últimos cinco jogos

• Foto: Rui Minderico

A regularidade do V. Guimarães nesta fase do campeonato está na ordem do dia e Luís Castro não fugiu ao tema. O técnico não escondeu que desejava ter mais continuidade no que aos resultados positivos diz respeito, mas relativizou o momento, relembrando que, nos últimos cincos, a formação vitoriana perdeu apenas um.

"É o padrão das equipas que não lutam para título, não? Se fizermos história das equipas nesta faixa de lugares é o padrão. Há equipa mais regulares, são as que normalmente estão nos três primeiros lugares. Todas as outras denotam maior ou menor percentagem de irregularidade. Felizmente não temos tido essa irregularidade de resultados nos últimos jogos, nos últimos cinco perdemos um. Falar de irregularidade não é o termo mais apropriado. Se nós gostaríamos de ter mais regularidade nos resultados positivos? Claramente que sim. Temos de montar as equipas para outros objectivos, então aí podemos exigir mais regularidade", começou por dizer.

Na última jornada, o V. Guimarães empatou no reduto do V. Setúbal depois de ter estado em vantagem no marcador. Luís Castro assumiu que o resultado não foi o pretendido e revelou que faltou algum controlo. "O Vitória fez uma boa primeira parte, depois deixou que o jogo se partisse na segunda parte. Devemos ter um maior controlo do jogo, depois de nos encontrarmos em vantagem", referiu.

Para a receção ao Marítimo, esta segunda-feira, o técnico confessou estar à espera de muitas dificuldades, apontando que as mesmas só serão contrariadas com ambição. 

"Prevejo um jogo muito difícil. O Marítimo é uma das equipas menos batidas da Liga, que nos dois últimos jogos consegue dois bons resultados. Até por isso o jogo ganha contornos de dificuldade, não só pelas características específicas do Marítimo, uma equipa forte, agressiva, muito compacta. Espero que seja um bom jogo e que nós consigamos atingir os objectivos, jogar bem, ganhar. O Petit deve esperar o mesmo, vamos a jogo com a determinação que é uma marca nossa, com a ambição que é nossa característica", frisou.

Questionado sobre a impossibilidade de contar com Wakaso, que vai cumprir castigo, Luís Castro não se atemorizou. "Habituei-me a não temer nada. Quem percorre caminhos vindo da distrital e chegando a este patamar habitua-se a muita dificuldade e não tem receio de nada. Tenho confiança nos jogadores, não garanto nada, só muito trabalho", concluiu.

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário
  • Vit. Guimarães
    -
    Marítimo
  • (1)
    (X)
    (2)
  • 1.65
    3.7
    5.85
  • *Odds sujeitas a variação. Consulte o valor actual desta odd em www.nossaaposta.pt

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.