Pedro Martins diz que equipa tem de "apelar ao sacrifício" para vencer em Tondela

Vimaranenses visitam último classificado no domingo

• Foto: Simão Freitas

O treinador do Vitória de Guimarães, Pedro Martins, disse esta sexta-feira que a sua equipa deve adaptar-se às diferentes fases do jogo e mostrar "sacrifício" para derrotar o Tondela, em desafio da 11.ª jornada da Liga NOS.

Os vimaranenses atravessam uma série de cinco vitórias consecutivas - três para o campeonato e duas para a Taça de Portugal -, e o treinador vincou que o objetivo é alcançar a sexta em Tondela, mas avisou que a equipa vai ter de se "adaptar rapidamente à realidade e à exigência do jogo" para derrotar um adversário que "vai dar a vida" em campo.

"Vamos ter de ser o Vitória, apelar ao sacrifício e trabalhar em prol da vitória. Nada está garantido. Temos de trabalhar muito durante os 90 minutos para sair de lá com uma vitória", reiterou na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de domingo.

O timoneiro dos minhotos acrescentou que o duelo ante o Tondela, equipa orientada pelo técnico Petit, que ocupa o 18.º e último lugar, com seis pontos, e que tem "necessidade de vencer", vai ter "particularidades muito próprias", lembrando os pontos que a equipa já "roubou" aos candidatos ao título, nos empates com o FC Porto (0-0) e com o Sporting (1-1).

Pedro Martins mostrou-se, porém, confiante nas soluções ao dispor e confirmou que João Aurélio vai ser titular no meio-campo no lugar de Rafael Miranda, jogador que fraturou uma costela no embate frente ao Boavista, da Taça de Portugal (triunfo vitoriano por 2-1, após prolongamento), e vai parar entre quatro e seis semanas.

"Gostaria de ter toda a gente a 100%, mas temos gente com enorme capacidade. O João Aurélio já provou que tem condições para o fazer e vai fazê-lo. Temos jogadores com capacidade para que a equipa continue a ter o mesmo desempenho", esclareceu, acrescentando que a "componente estratégica" para o jogo já está definida.

Pedro Martins frisou ainda a capacidade para marcar "na parte final", como aconteceu frente ao Sporting, na sétima jornada, (3-3), frente ao Nacional, na 10.ª (vitória por 2-1) e frente aos 'axadrezados' para a Taça, enaltecendo a vontade dos seus jogadores em alcançarem vitórias.

"Estamos numa fase boa, acompanhada pelos resultados. Queremos continuar, como é evidente. Temos feito golos na parte final. Isso demonstra que a equipa nunca desiste e está sempre à procura do melhor resultado", ressalvou.

Questionado sobre os alegados incidentes ocorridos no túnel do Estádio do Bessa, no final do jogo da Taça de Portugal e os possíveis castigos, Pedro Martins disse que aguarda "pacientemente" o que vai acontecer, preferindo enaltecer o jogo competitivo com o Boavista e as cinco mil pessoas que se deslocaram ao Porto para apoiar o Vitória.

O V. Guimarães, quarto classificado, com 20 pontos, defronta o Tondela, 18.º e último, com seis, pelas 20h15 de domingo, no Estádio João Cardoso, em Tondela, em jogo que será dirigido pelo árbitro Vasco Santos, da Associação de Futebol do Porto.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.