Revolução no onze deixou boas indicações

As mexidas surtiram efeito e o Vitória regressou aos bons resultados

• Foto: Simão Freitas

José Peseiro operou uma mini revolução no onze, ao lançar quatro jogadores contra o Moreirense que não constaram das opções iniciais na derrota em casa do Feirense. As mexidas surtiram efeito e o Vitória regressou aos bons resultados, isto apesar do golo do triunfo ter saído dos pés de um jogador (Hurtado) que saltou do banco no decorrer do encontro.

De qualquer das formas, as quatro surpresas no onze (Sacko, Wakaso, Tallo e Estupiñán) deixaram boas indicações e deram ao técnico mais opções para atacar os dois jogos que faltam esta época. No que ao estilo de jogo diz respeito, o facto de Tallo ter jogado de início juntamente com Estupiñán acabou por não ter influência no habitual modelo da equipa. O avançado costa-marfinense atuou no lugar que é normalmente de Hurtado, mantendo-se o 4x2x3x1.

Contudo, trata-se de um jogador de caraterísticas distintas do criativo peruano, que oferece coisas diferentes à equipa. A boa exibição deve garantir-lhe a titularidade com o Tondela, sendo que desta vez não terá Estupiñán à sua frente. O colombiano sofreu um traumatismo crânio-encefálico com o Moreirense e ontem limitou-se a trabalhar no ginásio. O mais provável é que seja poupado na próxima jornada, avançado Rafael Martins para o onze.

De resto, Vigário tem uma entorse no joelho esquerdo e deve falhar o resto da época.

Por José Miguel Machado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.