SAD coloca-se ao lado de Sérgio Conceição

'Vice' Armando Marques fez questão de falar com o técnico e Júlio Mendes diz que não cede a pressões

• Foto: Luís Vieira

Renovar ou não com Sérgio Conceição é a dúvida do momento nos corredores do Castelo, sendo que desta vez foi Daniel Rodrigues, presidente da mesa da assembleia geral da SAD, a pronunciar-se desfavoravelmente sobre o assunto. Palavras que contrariam a opinião de Júlio Mendes, principal responsável da SAD, e até de Mário Ferreira, investidor que já veio a público manifestar-se a favor do técnico.

Segundo Record apurou, o ‘vice’ Armando Marques fez mesmo questão de falar com Sérgio Conceição sobre o tema, garantindo-lhe que a SAD permanece em total sintonia com ele. Também Júlio Mendes pronunciou-se, tendo garantido que não vai tomar uma decisão com base na pressão dos associados. "As pessoas têm opinião, cabe-me ouvir a opinião dos órgãos sociais, dos seus presidentes, dos vitorianos, do sócio mais humilde. Na certeza porém que no fim as decisões, para o bem e para o mal, terão de ser tomadas por mim e sou eu que vou decidir. Seja o que for, relativamente à continuidade do treinador, cabe a mim decidir", sublinhou o presidente em declarações à Rádio Santiago, rejeitando a ideia de que as palavras de Daniel Rodrigues são uma forma de pressão: "As pessoas já me conhecem, não decido com base em pressões e acho que não é assim que as coisas devem ser feitas. Se as pessoas pensam que tomo decisões na base de pressões estão muito bem enganadas. Nunca esperaria isso de quem está mais próximo e faz parte dos órgãos sociais. É somente a expressão de uma opção pessoal de um sócio, que respeito, mas as decisões serão tomadas por mim. Ponto final."

Por José Miguel Machado
3
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.