Record

Saint-Étienne ‘ataca’ Pedro Martins

Franceses ponderam acionar a cláusula de rescisão do técnico

• Foto: Simão Freitas
O Saint-Étienne tem Pedro Martins no topo da lista para assumir o comando técnico em 2017/18 e pondera acionar a cláusula de rescisão estipulada no contrato com o V. Guimarães. O histórico emblema francês viu sair o seu treinador das últimas sete temporadas, Christophe Galtier, e ainda não encontrou uma solução apesar do arranque dos trabalhos estar agendado para o próximo dia 26. A urgência de dar seguimento à preparação da próxima época, onde o regresso à Liga Europa é a fasquia obrigatória, pode levar ao pagamento de um milhão de euros do qual Júlio Mendes, líder da SAD vitoriana, não abdica.

A outra opção forte para o banco do Saint-Étienne era o antigo médio internacional francês, Patrick Vieira, mas que se colocou fora das cogitações ao afirmar que pretende manter-se associado ao projeto do New York City FC, da MLS. Pedro Martins, dessa forma, encontra-se em cada vez melhor posição para dar o salto para a Ligue 1. Certo é que o técnico português quer definir de vez o seu futuro nos próximos dias.

Para além dos ‘verts’, que se sagraram campeões em 1981 com Michel Platini no onze, o Olympiacos ainda não encerrou o dossiê do treinador e pode voltar à carga nos próximos dias para tentar a desvinculação do recente finalista da Taça de Portugal. Por último, o técnico tem ainda uma proposta firme de fora da Europa, tratando-se do emblema que mais facilmente poderia bater a cláusula de rescisão, mas no âmbito de uma realidade onde o principal aliciante reside na vertente financeira e Pedro Martins, que mantém um compromisso forte com o projeto dos minhotos, só admite deixar o V. Guimarães por uma oportunidade que também seja interessante no plano competitivo.
Por Vítor Pinto
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Guimarães

Seriedade exigida

Objetivo Jamor obriga a foco máximo no jogo com o U. Madeira e a rotação será limitada
Notícias

Notícias Mais Vistas

M