Tribunal de Guimarães reduz penas a adeptos

Dois tinham sido condenados a seis meses de interdição de entrada em recintos desportivos na sequência do caso Marega e pena passou a metade

D. Afonso Henriques
D. Afonso Henriques

O Tribunal Judicial de Guimarães reduziu as penas de interdição de entrada em recintos desportivos a três adeptos do Vitória que tinham sido aplicadas pela Autoridade de Prevenção e Combate à Violência no Desporto (APCVD). Em causa estavam dois processos por utilização de tochas no Estádio D. Afonso Henriques. 

Num desses processos, conhecido por caso Marega, dois adeptos tinham sido condenados a uma pena de interdição de entrada em recintos desportivos por um período de seis meses. Na sequência do recurso apresentado, a referida pena foi reduzida para três meses, pelo que já está cumprida.

Num segundo processo, respeitante a um jogo com o Benfica, um adepto do Vitória foi condenado a um ano de interdição de entrar em recintos desportivos. Neste caso, o recurso reduziu a referida pena para cinco meses, pelo que também já se encontra cumprida.

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.