V. Guimarães já pagou os 5% a que o Leixões tinha direito na transferência de Tapsoba

Matosinhenses receberam 500 mil euros

• Foto: José Reis/Movephoto

O V. Guimarães já pagou ao Leixões 500 mil euros pelos 5% a que o clube de Matosinhos tinha direito pela transferência de Tapsoba para o Bayer Leverkusen. O valor em causa foi pago nos últimos dias, depois da liderada por Paulo Lopo ter enviado a fatura para Guimarães.

No último mercado de Inverno, Tapsoba foi transferido por 18 milhões de euros. Pouco depois, estalou a polémica, com o Leixões a reclamar que tinha direito a 25% do passe (e não apenas a 5%) e o Vitória a alegar que em devido tempo, antes da transferência de Tapsoba para a Alemanha, exerceu o direito de adquirir mais 20% junto do Leixões, conforme havia ficado consagrado aquando do negócio que trouxe o jovem jogador para Guimarães. Na altura, os vitorianos invocaram o chamado direito potestativo. O Leixões, que não respondeu a essa solicitação dos vitorianos, protestou e, através do seu presidente, ameaçou várias vezes levar o caso para Tribunal. Contudo, acabou por ser o Vitória a queixar-se dos matosinhenses junto do TAD, conforme assumido num comunicado assinado pela SAD liderada por Miguel Pinto Lisboa há algumas semanas.

Agora, o Leixões veio, afinal, reclamar o pagamento dos 5% que sempre ficaram em sua posse e o Vitória já liquidou essa fatura.

Acrescente-se que os leixonenses entraram esta terça-feira com um pedido de lay-off dos jogadores do plantel, equipa técnica e restantes funcionários, seguindo o exemplo do Belenenses SAD e do Chaves.

Por Bruno Freitas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0