António Santos: «Único terreno que o Vitória tem está hipotecado»

Candidato à presidência deixa lamento

• Foto: Rui Minderico

RECORD - Como avalia a situação financeira do clube?

AS - O passivo do clube é de 3,5 milhões de euros de 2009 até agora. A dívida fiscal é de quase 2 milhões de euros. Na SAD, no mesmo período, a dívida é de 6,9 milhões de euros. Estas dívidas levaram a que os terrenos de Vale de Cobro, local onde será construída a academia, fossem hipotecados por dívidas ao Estado. O único terreno que o Vitória tem é este e está hipotecado. A má gestão na equipa de futebol contribuiu para esta situação. Em oito épocas, só em três não trocou de treinador e há uma média de entrada de 24 jogadores por época, situações que acarretam encargos substanciais. É uma loucura que não permite estabilizar o plantel.

R - Também é por essa razão que vai fazer uma auditoria...

AS - Tudo o que for encontrado de forma irregular será tratado como um caso de polícia, agindo criminalmente contra os responsáveis. 

Por Flávio Miguel Silva e Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0