Fernando Oliveira e os regressos de Geraldes e Gauld: «É uma vingança pura e dura»

Presidente sadino comenta decisão do Sporting em fazer retornar dupla de emprestados

• Foto: Luís Manuel Neves

Confrontado por Record com a notícia dos regresso de André Geraldes e Ryan Gauld ao Sporting, Fernando Oliveira, presidente do V. Setúbal, não tem dúvidas que se trata de uma retaliação dos leões pelo afastamento da Taça CTT no Bonfim.

"É uma vingança pura e dura. Antes do jogo, foi-me dito por um dirigente do Sporting que os jogadores ficariam cá mais seis meses", revelou o dirigente.

O líder dos sadinos, que confidenciou que ambos os atletas chegaram a apresentar-se na manhã desta quinta-feira, no estádio para treinar, não escondeu que a decisão súbita do Sporting de solicitar a apresentação de André Geraldes e Ryan Gauld causou surpresa no plantel.

"A reação foi de espanto. É quase inédito. Se fosse uma situação em que os jogadores faziam falta ao clube, seria normal. É um ato revanchista", reforçou o líder setubalense.

Por Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.