José Couceiro: «É hora de arranjar soluções para os problemas»

Quer corrigir erros que ditaram derrota ante o Marítimo

• Foto: Lusa

José Couceiro lamentou a derrota deste domingo diante do Marítimo, dizendo que a sua equipa cometeu erros como resultado de uma má entrada na partida.

"Quando se perde é sempre mau. A equipa entrou muito ansiosa no jogo e não conseguiu ligá-lo. Não conseguimos e fomos perdendo a confiança. A seguir ao intervalo, entrámos melhor, mas cometemos erros. Sabendo que o Dyego Sousa é a referência das bolas paradas, permitimos espaço e que eles fizessem golo. O jogo complicou-se, o Marítimo adormeceu mais o jogo e nós, mais do que defensivamente, ofensivamente estivemos bem pior", frisou o treinador.

O técnico dos sadinos afirmou que não entra em depressões devido aos últimos resultados mas confessou que "é hora" de solucionar o que está mal: "Três derrotas é um ciclo negativo. Disse no início que não entrava em euforias e agora também não entro em depressões. Sabemos qual o nosso objetivo e que vamos ter de trabalhar muito até ao final. O primeiro objetivo é a manutenção e depois logo se verá. Vai ser uma luta. Com sete jogos, oito pontos, atingimos os objetivos, mas importa-me perceber o que se passa e corrigir isso. O campeonato agora para e vamos tentar corrigir isso. Havia problemas já identificados, hoje alguns agudizaram-se e não há que fazer de conta que não se passa nada. É hora de arranjar soluções para os problemas".

Por Lusa e Luís Miroto Simões
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.