Julio Velázquez: «O normal seria o jogo terminar com um empate»

Técnico admitiu que a fraca primeira parte dos sadinos foi decisiva para a derrota

• Foto: Rui Minderico

Depois do empate (1-1) em Moreira de Cónegos o V. Setúbal perdeu por 2-1 na receção ao Gil Vicente e, no final do encontro que marcou o arranque da 21ª jornada da Liga NOS, o técnico dos sadinos admitiu que a fraca prestação da equipa na 1ª parte foi decisiva no resultado final.

"Não estivemos bem na primeira parte. Foi muito fraca a nível global. Com bola tivemos sequências de passe muito lentas e faltou-nos olhar mais a baliza adversária. Entrámos melhor na segunda parte, fomos mais agressivos com bola e tivemos mais compactos no meio campo adversário. Depois do segundo golo deles, a nossa reação foi muito boa. Tivemos diferentes situações para marcar. O normal seria o jogo terminar com um empate", disse Julio Velázquez em conferência de imprensa.

O técnico do V. Setúbal apontou ainda o dedo às constantes paragens de jogo após o intervalo e garantiu que a equipa vai trabalhar para reverter ao ciclo negativo de três jogos sem vencer.

"Fico chateado. Não gostei nada das interrupções na segunda parte. É mau para o futebol e para os adeptos, houve muito antijogo e era impossível ter continuidade com bola. Cada pontapé de baliza demorava um minuto e meio. Não digo que foi por isso que perdemos. É futebol e temos de continuar. Voltamos a treinar amanhã [sábado] e vamos procurar fazer uma boa recuperação", concluiu o espanhol.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.