Paulo Gomes empossado na presidência com objetivo de organizar o Vitória de Setúbal

Líder sadino afirmou querer fazer do V. Setúbal "um clube digno e moderno"

• Foto: Pedro Ferreira

Três dias depois de ser eleito presidente do Vitória de Setúbal, Paulo Gomes manifestou esta segunda-feira, na cerimónia de tomada de posse da direção para o triénio 2020-2023, a intenção de organizar o emblema sadino.

"Organização e logística são essenciais na minha formação [trabalha em educação na área da matemática]. É nestes aspetos que pretendo fazer a diferença, tornando o Vitória um clube organizado. Quero fazer do Vitória um clube digno e moderno", disse no discurso proferido no Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal.

Numa sessão em que teve ao seu lado a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, o dirigente sublinhou a importância da ligação entre clube e autarquia.

"A Câmara Municipal tem sempre a porta aberta. O Vitória e a cidade cruzam-se no tempo e na história. Contamos com a Câmara para ser o nosso parceiro principal", afirmou durante a tomada de posse dos novos órgãos sociais.

A sessão ficou ainda marcada pela garantia deixada por Cândido Casimiro, novo líder da mesa da Assembleia Geral, de que duas das promessas eleitorais da lista vencedora vão avançar já nos próximos dias.

"Contem connosco. Ainda este mês serão colocadas em marcha a auditoria e a alteração de estatutos", afirmou.

A presidente da Câmara Municipal, Maria das Dores Meira, disse que, tal como até aqui, o município continuará a apoiar o Vitória de Setúbal em tudo o que puder.

"A Câmara é desde sempre parte da solução e nunca dos problemas. Estamos convictos que vai continuar a ser e tem de ser. Contem com o nosso empenho para continuar a ajudar este digno representante de Setúbal", referiu.

a lista D, liderada por Paulo Gomes, foi proclamada vencedora das eleições mais concorridas de sempre na madrugada de sábado. Com 875 votos recolhidos, contra 731 da lista E, do ex-presidente Vítor Hugo Valente, Paulo Gomes tornou-se presidente dos vitorianos. José Dias Mendes (lista C), com 332 votos, Pedro Gaiveo Luzio (B), com 246, e Chumbita Nunes (A), com 181, foram as outras listas candidatas.

Por Lusa
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.