Pedro Contreiras: «Fernando Oliveira está à espera do timing conveniente para ir a votos»

Candidato à mesa da AG na lista de Mauro de Almeida lamenta demora na marcação de eleições

R – Acredita que existirão mais candidatos à presidência? Fernando Oliveira tem condições para se recandidatar?

PC – Pessoalmente, acho que não tem condições. Sei que Fernando Oliveira se vai recandidatar porque existem contactos estabelecidas para a recandidaturas. Oliveira ao aperceber-se que existe uma divisão entre aqueles que querem a mudança, vai aproveitar isso em seu benefício porque vê aí uma hipótese de ouro para ganhar outra vez as eleições. A questão das pessoas que irão a eleições é também muito importante. Nesta altura, quero dizer que nós, que discordamos da gestão de Fernando Oliveira, queremos uma mudança. A lista de Mauro de Almeida está receptiva a unificar a alternativa a Oliveira e, da nossa parte, tudo faremos para que se consiga uma mudança. É um caminho que terá de ser feito. Deixo esse apelo.

R – Em caso de haver uma derrota da candidatura que integra, não rejeita unir esforços com uma outra?

PC – Fona Vieira é completamente desconhecido no mundo vitoriano, nem o considero como uma ‘carta fora do baralho’. Não falo em caso de derrota porque Mauro de Almeida tem as condições para vencer. Digo é que existe uma disponibilidade para reunir e identificar todos aqueles que querem a mudança no Vitória – há tempo para fazer essa unificação. Os vitorianos conhecem-se. As portas estão abertas e faço um apelo para que haja uma unificação de esforços para mudar o Vitória.

R – Acredita que Fernando Oliveira estará à espera do melhor timing para ir a votos?

PC – Conheço-lhe inteligência. Tem muitos anos de futebol. Sabe perfeitamente o que está a fazer. Está à espera do timing conveniente. Tenho a certeza que está tomada.

R – O período atual da equipa de futebol pode ter um grande peso no dia das eleições?

PC – Há muito esse pensamento. Passa muito pela falta de informação… que não é por acaso. Acontece e é pensada. Há muitos sócios idosos que não têm acesso às redes sociais e a sua única fonte de informação é muitas vezes o que vão vendo nos cafés. A questão da bola que entra e o facto do V. Setúbal estar a fazer uma campanha interessante, graças a um homem que é intocável que é José Couceiro pelo trabalho que está a realizar, há muita gente que vai decidir com base nessas questões. Por isso, volto a dizer que espero que as eleições sejam marcadas com mais tempo para que possa haver uma comunicação com os sócios e perceberem o que está em causa.

Por Flávio Miguel Silva
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.