Ricardo centenário pode ser talismã

Guarda-redes vai viver dia especial à procura da permanência

• Foto: Simão Freitas

Um triunfo e dois empates é o saldo de Ricardo, guarda-redes do V. Setúbal, nos embates com o Sporting disputados no Estádio de Alvalade. Nas três visitas à casa dos leões – todas com a camisola da Académica – o jogador, de 33 anos, teve sempre motivos para festejar e espera manter no sábado esta tendência para ser um autêntico talismã, isto num encontro que será especial: será o seu 100º no escalão principal e poderá valer a tão desejada permanência aos sadinos.

A primeira vez que Ricardo atuou em Alvalade, a 6 de fevereiro de 2010, conseguiu obter um triunfo, por 2-1. Rui Orlando e João Ribeiro fizeram os golos dos estudantes, então comandados por André Villas-Boas, enquanto João Moutinho marcou para os anfitriões. Nas outras duas ocasiões em que o guarda-redes defendeu a baliza da Briosa no reduto dos leões manteve-a inviolável, como atestam os empates a zero em 2012/13 e 2013/14.

De resto, a malapata do Sporting com o agora guardião dos sadinos conheceu outro episódio na final da Taça de Portugal de 2012. Uma exibição inspirada de Ricardo contribuiu para que a Académica erguesse o troféu. Desta vez, à beira Sado e não nas margens do Mondego, o guardião quer deixar os adeptos do seu clube em festa. O prémio não é uma taça, mas sim a permanência.

Venâncio 100 vezes à Vitória

Ricardo não é o único jogador a celebrar sábado o seu jogo número 100. O defesa Frederico Venâncio prepara-se para atingir a mesma marca, mas em partidas oficiais realizadas pelo Vitória (85 no campeonato, 6 na Taça de Portugal e 8 na Taça da Liga).

Por Ricardo Lopes Pereira
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0