Tributo a Couceiro

Reuniu 170 vitorianos à mesa e admitiu que futuro pode ser em Portugal, mas não no Sporting

• Foto: Rui Minderico

Cerca de 170 adeptos do V. Setúbal marcaram presença ontem num jantar de reconhecimento a José Couceiro, treinador que anunciou a saída do clube após a derradeira jornada da Liga, confessando que terá sempre uma ligação fortíssima aos sadinos. "A minha relação com o Vitória é muito especial. Nunca vivi nada assim em mais lado nenhum. Os adeptos sabem que nunca fui treinador de nenhuma direção, fui sempre o treinador do Vitória e pus sempre os interesses do clube acima de todos os interesses individuais e de todas as questões que foram surgindo", recordou.

O técnico, que teve no jantar a presença, entre outros, dos ex-presidentes Fernando Pedrosa e Chumbita Nunes e da antiga glória dos sadinos Carlos Cardoso, revelou ter ficado sensibilizado pelos elogios que recebeu, após o final da época, de vários jogadores que orientou no Bonfim. "A maior satisfação que posso ter é o facto de terem crescido, são melhores jogadores hoje do que eram no início", confessa o treinador.

Em relação ao futuro, Couceiro promete novidades na próxima semana. "Dentro de uma semana ou semana e meia tomarei uma decisão. Não posso adiantar nada porque não tenho nada decidido. Portugal? Não lhe posso garantir, mas é provável que continue no país", disse, afastando a possibilidade Sporting. "Não tem nada a ver com o Sporting", garantiu.

Por Ricardo Lopes Pereira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de V. Setúbal

Notícias

Notícias Mais Vistas