Filhos da terra mantêm qualidades humanas

de antónio carraça a tiago caeiro e marinho

Tiago Caeiro (à direita) é o jogador que sobressai à vista na foto tirada em 2004, para a reportagem de Record, no seio do grupo do Vilafranquense.
Filhos da terra mantém-se humildes mesmo lá em cima • Foto: Manuel Araújo

Em Vila Franca de Xira não residem mais de 19 mil pessoas, segundo os censos de 2011, sendo que o Vilafranquense nunca atingiu os escalões profissionais do futebol nacional. Mas nem por isso deixou de fornecer vários clubes de nomeada, tanto na qualidade de jogadores como na de treinadores. Só para nomear alguns, falamos por exemplo de António Carraça (ex-V. Guimarães e antigo diretor-desportivo do Benfica), Joaquim Pedrosa (ex-Académica), Carlos Fernandes (ex-Boavista e atualmente no Recreativo Caála), Marinho (Académica), Pedro Torrão (ex-Sporting B e atual dirigente), Tiago Caeiro (Belenenses) ou Bruno Mendes (ex-Rio Ave) não esquecendo Rui Vitória (agora no Benfica, sendo antigo jogador, capitão e treinador) e Diogo Figueiras (formado no clube e atualmente no Génova). Não sendo natural daquele sítio do Ribatejo, o brasileiro Carlos David também foi notícia quando na temporada transata depois de ter sido emprestado ao Benfica B, três escalões acima do Pró-Nacional onde atua o Vilafranquense.

Há quem ainda se mantenha no topo e a dar alegrias aos respetivos emblemas. Respeitante ao último embate com um dos três "grandes" do futebol nacional e um dos marcos da história do clube, Casquinha recorda os jogadores que faziam parte do plantel que em 2004 defrontaram o FC Porto nas Antas e que hoje brilham na Primeira Liga. Curiosamente, um deles não pôde ser opção frente ao campeão nacional da altura por estar a cumprir serviço militar...

"Tínhamos um grupo muito interessante do qual fazia parte o Tiago Caeiro que está no Belenenses, e o Marinho, da Académica, que não pôde jogar. Estavam connosco e orgulhámo-nos de privar com eles. Quem jogava connosco, mesmo depois de ter jogado mais acima, manteve a mesma humildade", relata com saudade o antigo capitão vila-franquense.

O Vilafranquense e a cidade onde está inserido provam que não esquecem os seus filhos da terra e os êxitos que elevaram o nome de Vila Franca de Xira. A homenagem realizada em 2010 a vários ex-futebolistas é disso exemplo.

Reconhecimento

Cláudio Casquinha esteve talvez nos três maiores momentos da história do clube, futebolisticamente falando, e existirão poucos assim: o título de campeão da III Divisão (1997/98), o segundo lugar já na II Divisão B (1998/99) .- o melhor da história do Vilafranquense - e a última viagem ao reduto do FC Porto (em 2003/2004 depois da primeira ter acontecido em 1988/89).

O ex-futebolista que agora trabalha no ramo da publicidade diz sentir-se acarinhado pelo clube e pelos adeptos que não esquecem os momentos passados com a camisola vermelha e branca listada. Apesar de tentado pelo Farense, Sporting B e Estrela da Amadora, Casquinha optou "estar feliz" no Vilafranquense e "continuar a estudar" à espera de uma grande oportunidade. Ela não chegou a aparecer e o alverquense foi ficando pela terra de toiros e campinos.

"Não sei se sou o ídolo mas sempre fui muito bem tratado em Vila Franca. Agora não vou muito lá. Tenho uma vida profissional atarefada, mas sei que as pessoas reconhecem-me e é agradável. Íamos jogar fora e comíamos sempre em Vila Franca antes de ir para Norte. As pessoas ainda são as mesmas e recordam esses momentos. Sempre foi um clube que me acarinhou e sempre me senti vila-franquense, apesar de ser de Alverca e haver aquela rivalidade. Estive no Vilafranquense desde os 18 anos e fui logo campeão", contou ao nosso jornal.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.