Record

Giovanni Trapattoni: «Num momento difícil jogámos com coração»

TÉCNICO RECONHECE QUE O BEIRA-MAR FOI SUPERIOR NA SEGUNDA PARTE

Trapattoni garante que o Benfica dominou a primeira metade, mas também reconhece que foi dominado na segunda. Todavia, não deixa de considerar que o desfecho é justo.

“Todos sabíamos que este jogo era uma desforra, mas tenho de cumprimentar toda a equipa porque num momento difícil jogou com o coração e atitude”, começou por dizer o treinador.

“Na primeira parte dominámos, tivemos duas ou três oportunidades de marcar, mas a segunda foi deles. O Beira-Mar estava mais fresco, não é fácil jogar de três em três dias... No entanto, merecemos ganhar”.

E prosseguiu, elogiando os seus jogadores. “A equi-pa reagiu bem, nos últimos 45 minutos não chegámos a sofrer grande perigo”. Mas, terão os críticos razão quando dizem que a equipa não joga um futebol bonito? “Onde estavam no jogo com o FC Porto? Este ano tivemos muitos aplausos dos adeptos. Em Itália muitos viram o clássico e disseram que foi um grande jogo”.

Nuno sozinho

Nuno Gomes já disse por diversas vezes preferir jogar com outro ponta-de-lança ao lado, mas Trap não abdica da táctica instituída.

“As linhas laterais são importantes. Com dois lá à frente quem vamos excluir? O Assis? E que acontece depois ao meio campo? No ano passado havia o Tiago”, explicou o técnico, recusando-se, depois, a revelar se vai, ou não, manter Moreira na baliza. “Hoje ainda é quinta-feira”.
10
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M