Golos no prolongamento não contam como "golos fora"

'Pormenor' que pode fazer diferença nos jogos da segunda mão das meias-finais

• Foto: Simão Freitas

Ao contrário do que é norma, sobretudo em provas da UEFA, os golos marcados durante o prolongamento da Taça de Portugal não contam como golos marcados fora. Isto é: se cada uma das equipas marcar um golo no período de desempate, haverá sempre lugar à marcação de pontapés da marca de penálti.

Vamos dar um exemplo concreto com o jogo que se irá disputar esta noite, da primeira meia-final. O V. Guimarães tem uma vantagem de 2-0 sobre o Chaves referente à primeira mão. Se os transmontamos vencerem pelo mesmo resultado nos 90 minutos, então jogar-se-á um prolongamento.

Aí, caso as duas equipas marquem um golo, elevando o resultado para 3-1, haverá sempre lugar a penáltis, pois o tal golo dos vimaranenses não contará como golo fora.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.