Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Jaime Magalhães confiante na passagem dos dragões à final da Taça

Clássico da segunda mão das meias-finais joga-se quarta-feira

• Foto: José Moreira
O antigo jogador Jaime Magalhães enfrenta com "boas expetativas" o clássico entre Sporting e FC Porto de quarta-feira, para a segunda mão da meia-final da Taça de Portugal, na qual os dragões estão em vantagem (1-0).

Para o antigo jogador do FC Porto, a atuação no embate de domingo com o Benfica é a melhor referência possível para a equipa treinada por Sérgio Conceição, mesmo sabendo que um encontro da Taça tem características próprias e distintas dos jogos do campeonato.

"É um jogo da Taça, por isso certamente diferente. O FC Porto vai mais à vontade, graças ao 1-0 da primeira mão, enquanto o Sporting terá de ganhar o jogo e marcar mais do que um golo para passar à final. Tenho a perspetiva de um bom espetáculo e que a minha equipa saia vencedora para ir à final", refere.

Em declarações à agência Lusa, o ex-jogador, que foi uma referência no meio-campo portista nas décadas de 80 e 90, até atribui algum favoritismo ao Sporting por este jogar no seu estádio. Porém, confia que o "bom momento" dos dois conjuntos será um sinónimo de equilíbrio.

"Na minha perspetiva será um bom jogo, derivado também do comportamento das equipas ultimamente. O Sporting tem estado muito bem, o FC Porto também esteve bem este fim de semana e acho que são duas equipas que se vão encontrar num bom momento", frisa, salientando que já "não há segredos" entre os dois rivais nesta fase da temporada.

Todavia, em virtude dos escassos três dias de intervalo entre dois clássicos para o FC Porto, Jaime Magalhães assume que o treinador portista pode efetuar alterações entre os titulares e apostar igualmente no esquema de 4-4-2 para enfrentar os leões.

"Acho que pode ser feita uma ou outra alteração. Pode pôr o Otávio no meio-campo, puxando-o um bocadinho mais para trás, reforçando essa zona. Pode pôr ainda o Oliver e o Herrera também está muito bem. Depois, no ataque, jogam o Marega, que dá muito trabalho às defesas, e o Tiquinho Soares para não deixar a defesa do Sporting subir tanto", vaticina.

Aliás, o reforço do setor intermédio é mesmo uma preocupação para Jaime Magalhães, que alerta para o poderio da formação de Jorge Jesus nessa zona do terreno, enumerando os nomes de Bruno Fernandes e William Carvalho como principais 'trunfos'.

"O Sérgio Conceição verá quais são os jogadores que estão em melhores condições para preencher o meio-campo, porque esse setor do Sporting é muito forte. Ainda no último jogo conseguiu sempre pôr o Belenenses remetido à sua defesa e é claro que vai fazer todos os possíveis para ir à final", conclui.

O embate da segunda mão da meia-final da Taça de Portugal entre o Sporting e o FC Porto está marcado para esta quarta-feira, às 20h30, no Estádio José Alvalade.
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Taça de Portugal

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M